terça-feira, 11 de agosto de 2009

Dominguinhos no Jô Soares

Nesta segunda-feira, o Jô Soares novamente abriu espaço no programa dele para o forró pé-de-serra: entrevistou o Dominguinhos. Há um tempo Genival Lacerda foi lá também, assim como a Elba Ramalho. Mas as conversas nunca vão muito longe porque o Jô parece ficar só no senso comum. Apesar de extremamente competente e culto, ele não demonstra entender muito de música mais popular. Uma pena.

Não culpo ele, que sabe de muita coisa, mas não tem como saber de tudo, claro. O pessoal da mídia no geral não dá mesmo muita atenção ao que não conhece. Seria necessário alguém chegar lá e explicar a eles a importância disso tudo, da cultura popular, do forró, do samba, de tantas coisas que são importantes pra tanta gente e nem todo mundo sabe, não é?

Pois bem, há cerca de dois meses, eu entreguei pessoalmente para uma jornalista famosa que é amiga do Jô e da produção dele um kit para sugerir a eles que falassem do forró pé-de-serra atual no programa. O kit tinha os dois CDs do trio Dona Zefa, um CD do Meketréfe (o único que eu tinha ganhado dos meninos no último show deles em Brasília e estava autografado!), uma cópia do filme Por Amor ao Forró e duas cartas bem organizadinhas explicando o que é o forró pé-de-serra, como ele se manifesta hoje no centro-sul do país, quem são os destaques da nova geração (coloquei um resumo de cada trio mais conhecido entre o nosso meio forrozeiro) e a importância de dar destaque a isso tudo. Parecia perfeito, era certeza de que isso chegaria às mãos de quem de direito.

Mas, para minha decepção, a produtora que recebeu o material não se empolgou muito, duvido que tenha lido alguma coisa e simplesmente disse que não gostava muito de forró e que não era um tema que tinha a ver com o programa, ou algo assim. Até hoje, quando vejo entrevistas no programa sobre assuntos que não afetam a vida de ninguém, que não têm a menor graça, fico sem entender o critério da produção... Só que eu não desisti! Um dia vai dar certo... Assisto ao Jô quase toda noite, me divirto às vezes, me revolto outras e me emociono também. Como me emocionei ao ver Dominguinhos contando histórias no pouco tempo que lhe deram lá.
Consegui resumir uma parte da conversa aqui:

Entrevista do Dominguinhos ao Jô Soares:

Ao ser chamado pelo Jô, Dominguinhos chegou naquela simplicidade que lhe é típica, sentou-se e logo colocou a velha companheira no colo. “Aos 68 anos, dá preguiça de ficar carregando uma sanfona de 13 quilos, né?”, comentou. “É por isso que no grupo tem sempre um rapazinho pra carregar”. Foi aí que ele apresentou os músicos que o acompanhavam, entre eles, Fúba de Taperoá, o grande tocador de pandeiro, primo do Zito Borborema. Mas o rapazinho era o trianglista, Fabinho, eu acho.

Seu Domingos explicou a diferença entre um gaúcho tocando uma sanfona (ou até uma gaita, aquela pequena sanfoninha deles) e um nordestino. Os gaúchos tocam mais forte, como se estivessem com pressa. “O forró é mais chorado, é uma safadeza só”, disse enquanto mostrava a diferença no fole. Nessa hora, mostraram um trecho do filme O Milagre de Santa Luzia, que participou do Festival de Cinema de Brasília em 2008, deve estrear em alguns cinemas do país até setembro (Brasília não está na lista :/) e registra uma viagem do Dominguinhos pelo país mostrando as sanfonas e os jeitos de tocar por aí.

Dominguinhos contou que a última vez que ele viajou de avião foi com Luiz Gonzaga, logo, tem mais de 20 anos, claro. Ele contou que o velho Lua lhe falou:“Dominguinhos, esse é o melhor meio de transporte do mundo. Nele viajam José Sarney, Ulysses Guimarães e outros desses, se ele não cai com essas pestes, vai cair com a gente?”.

Fora o pouco espaço para as milhares de histórias que ele tinha pra contar, Seu Domingos também tocou alguns clássicos, coisa rápida também. Teve Lamento Sertanejo, Forró no Escuro - o primeiro forró que Dominguinhos gravou com Luiz Gonzaga – e Eu só Quero um Xodó - que foi feito para a Marinês e o Gilberto Gil, quando ouviu, gostou e começou a cantar.

Enfim, foi uma curta passagem do nosso representante por lá, mas valeu muito pelo espaço. Quem sabe não abre o caminho para seus seguidores...

2 comentários:

Jô disse...

vídeos da entrevista:

http://video.globo.com/Videos/Player/Entretenimento/0,,GIM1101356-7822-MUSICO+DOMINGUINHOS+FALA+SOBRE+FILME+O+MILAGRE+DE+SANTA+LUZIA,00.html

http://video.globo.com/Videos/Player/Entretenimento/0,,GIM1101364-7822-DOMINGUINHOS+CONTA+CAUSO+SOBRE+AVIAO,00.html

Jô disse...

mais completa...

http://www.youtube.com/watch?v=yzjaQb9L1ss
http://www.youtube.com/watch?v=lwXHLhsgNmU
http://www.youtube.com/watch?v=Nk9US9CmT88